Paróquia e Santuário Nossa Senhora Aparecida – Guarapuava PR

Em maio de 1969 algumas famílias residentes no Bairro Bonsucesso, na cidade de Guarapuava – Paraná, começaram a reunir-se para rezar o terço em família, acompanhados de uma imagem de Nossa Senhora de Fátima.

Padre Armando Holocheski, na época Pároco da Catedral Nossa Senhora de Belém, e o Bispo diocesano, Dom Frederico Helmel, ao tomarem conhecimento desse fato começaram organizar encontros com as famílias do bairro, dando início à criação da comunidade.

Fazia-se necessário um local para os encontros e orações. Nesse mesmo ano, Laurindo Rocha, doa um terreno, onde seria construída a futura capela, em cujo local, no dia 12 de outubro acontece a primeira missa, a céu aberto, celebrada pelo padre Armando. Os anos que se seguiram foram de muito empenho: foram organizadas festas para arrecadação de fundos, que junto com doações da comunidade possibilitaram a construção da primeira capela.

Em 11 de outubro, do ano de 1970, foi trazida da Catedral Nossa Senhora de Belém e entronizada, na já concluída capela, a imagem de Nossa Senhora Aparecida. No domingo de ramos, do ano de 1971, a capela foi entregue pelo Bispo dom Frederico Helmell aos cuidados do Padre Pedro Canísio. Em 1975, no dia 14 de dezembro foi elevada Paróquia, tendo como padroeira Nossa Senhora Aparecida.

Nessa época, além da matriz, contávamos com as capelas da Vila Primavera, Nossa Senhora do Rocio – Grocheski, Invernadinha, Morro Grande, Charquinho, Saltinho, Faxinal dos Fiuzas, Alto das Mortes, Rio das Pedras, Santa Carlota – Serraria, São Pedro, Boa Esperança, Guará, São João Batista, Campina Redonda, Faxinal dos Elias, serraria Mattos Leão, e Mato Limpo.

Até 06 de julho de 1976, o pároco continuou residindo na Catedral, quando então a casa paroquial foi inaugurada.

Em 1977 foi criada a Paróquia São João Bosco, passando parte do Bonsucesso a pertencer àquela paróquia. Neste mesmo  ano  registrou-se um brilho especial na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. A igreja recebeu uma cruz de neon, doada pelo senhor Leonardo Tokarski e família, e em  1987 a paróquia recebe do senhor Albino Zorzi, residente no Bonsucesso, a doação de um sino de 80 kilos. No ano seguinte, em 1988, aconteceu a nomeação do Padre Francisco Pontarollo Neto, Padre Chicó, como vigário Paroquial. Em 89, mais uma capela desmembra-se da Paróquia Nossa Senhora Aparecida. É a vez da Vila Primavera, que agora torna-se a Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

No ano de 1993, prevendo-se a construção de um Santuário Diocesano dedicado à Nossa Senhor Aparecida, a antiga igreja, que serviu durante 23 anos, foi demolida, passando as celebrações à acontecerem no salão paroquial.

Em 1996, no dia 16 de junho, a Paróquia chorou a morte do seu primeiro pároco, padre Pedro Canísio, que esteve com a comunidade por 21 anos.

Após o falecimento de Padre Pedro, a paróquia ficou sendo atendida pelos freis do Convento São José até o mês de setembro, quando assume como pároco o Padre Cassiano Waldner, dinamizando o projeto de construção do Santuário.

No dia 02 de março de 1997, Padre Erondi Alves da Silva é nomeado vigário Paroquial. Também neste ano, no dia 12 de julho, acontece o lançamento e benção da  pedra fundamental do Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Em 1998, no dia 24 de novembro, veio à falecer o Padre Cassiano, sem poder contemplar o santuário concluído.

Com a morte de Padre Cassiano, para a paróquia foi designado o Padre Erondi, como administrador paroquial por mais de um ano, até ser transferido para o município de Rio Bonito do Iguaçu, quando a nossa paróquia recebe o Padre Valdir Sloboda, que encontrava-se em Belo Horizonte concluindo sua pós-graduação.

No mês de abril, do ano de 2001, após as comemorações da Páscoa, Padre Valdir ausenta-se da comunidade, indo para Belo Horizonte para concluir seus estudos, ficando a Paróquia assistida pelo Padre Reonaldo e Padre Ailson, e em  18 de agosto do ano de 2001, assume a paróquia o Padre José Werth, que com a comunidade, lideranças e o povo de Deus, após cinco anos de trabalho e dedicação conseguem concluir o Santuário.

Inspirado na imagem de Nossa Senhora Aparecida, com as duas mãos postas em oração, o Arquiteto Paulo Ernesto desenvolveu o projeto do novo Santuário, que graças ao esforço da comunidade, conselhos paroquiais, pastorais, movimentos, e contando também com a ajuda dos fiéis de Tirol do Sul – Itália, é uma realidade, um local de oração e meditação, que encanta a todos que o visitam.

Atualmente na Paróquia e Santuário Nossa Senhora Aparecida, além do COPAE, C.P.P., a comunidade atua com muita vontade e entusiasmo nas diversas pastorais, movimentos, e serviços: Liturgia, Legião de Maria, Apostolado da Oração, Coroinhas, Pastoral Vocacional, Ministros da Eucaristia, Vicentinos, Capelinhas, Pastoral Catequética, Infância Missionária, Santas Missões Populares, Pastoral do Batismo, R.C.C., Pastoral da Criança, do Dízimo, Familiar, Catequese de Adultos, Cursilho, Grupo de Reflexão e Vivência, Clube de Mães, Secretaria, Cozinha, Projeção, Coleta, Terceira Idade, Acolhida, Comitê Contra a Miséria e a Fome, Teatro, e Pastoral da Comunicação, todos incentivados pelo Pároco Padre José Werth.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>